Considerado um dos maiores galãs da atualidade, o ator Cauã Reymond tem mostrado nos seus trabalhos que é muito mais do que sua beleza física. Exemplo disso é a sua aparição no clipe “Your Armies”, da cantora Barbara Ohana, sobrinha da atriz Claudia Ohana, que foi lançado há pouco.

Com uma peruca loira, salto alto, corset de renda e muita sensualidade, Cauã surge irreconhecível na pele da travesti Clara. Na história, a personagem vivida pelo namorado de Mariana Goldfarb é agredida por um homem e resolve se vingar.

caua3

caua4

caua_reymond

caua_3

O trabalho, que foi dirigido por Allexia Galvão e Daniel Rezende em preto e branco, também conta com a participação do ator Julio Machado, que atuou na primeira fase da novela Velho Chico. Confira o clipe:

19 de junho de 2016

Cauã Reymond interpreta travesti em clipe sobre tolerância; Assista aqui

Considerado um dos maiores galãs da atualidade, o ator Cauã Reymond tem mostrado nos seus trabalhos que é muito mais do que sua beleza física. Exemplo […]
23 de maio de 2016

Burlesque Bar promove semana de ações de combate à   LGBTfobia; Veja programação

A partir dessa terça-feira (24), o Burlesque Bar, localizado na Mouraria, irá celebrar a diversidade e promover ações de combate à   LGBTfobia. As atividades vão […]
13 de maio de 2016

Atriz transexual será protagonista da novela À Flor da Pele, na TV Globo; Veja candidatas

As escritoras Gloria Perez e Rosane Quintaes estão recrutando atrizes transexuais para protagonizar a novela À Flor da Pele, programada para estrear em 2017, à  s […]
11 de maio de 2016

Revista aborda temas dos universos plus size e da diversidade

Representatividade. Essa é a principal causa da revista PLUS, lançada ontem (10) no endereço eletrônico www.eusouplus.com (para acessá-la, basta clicar na capa, no canto direito). Pensada […]
7 de maio de 2016

Exposição fotográfica, em Salvador, retrata vida de transexuais

Durante muitos anos, a família da fotógrafa Andréa Magnoni se referiu ao tio de dela como uma lésbica: “Mas, Tita, você é menina. Eu te banhei […]