O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (13), por 8 votos a 3, criminalizar a homofobia e a transfobia. Agora as práticas serão enquadradas dentro do crime de racismo.

De acordo com a decisão da corte “praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito” em razão da orientação sexual da pessoa poderá ser considerado crime com pena de um a três anos, além de multa. Entretanto, se houver divulgação ampla de ato homofóbico em meios de comunicação, como publicação em rede social, a pena será de dois a cinco anos, além de multa.

A aplicação da pena de racismo valerá até o Congresso Nacional aprovar uma lei sobre o tema.

Com a decisão, o Brasil se tornou o 43º país a criminalizar a homofobia, segundo o relatório “Homofobia Patrocinada pelo Estado”, elaborado pela Associação Internacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e Intersexuais (Ilga).

No julgamento, o Supremo atendeu parcialmente a ações apresentadas pela Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Transgêneros (ABGLT) e pelo partido Cidadania (antigo PPS).

Essas ações pediam que o STF fixasse prazo para o Congresso aprovar uma lei sobre o tema. Este ponto não foi atendido.

Entretanto, houveram ressalvas dentro da lei em relação à manifestações em templos religiosos. Dentro deles não será criminalizado dizer que é contra relações homossexuais. Nesses locais será passível de punição apenas incitar ou induzir discriminação ou preconceito.

13 de junho de 2019
IMG_20190613_193716_572

STF decide pela criminalização da LGBTfobia

  O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (13), por 8 votos a 3, criminalizar a homofobia e a transfobia. Agora as práticas serão enquadradas […]
13 de junho de 2019
petra2

Deputado pede criação da categoria de artistas dragqueens no credenciamento de artistas da Bahia

O deputado estadual Jacó (PT) indicou nesta quarta-feira (12) ao governador Rui Costa e à secretária de Cultura, Aranny Santana, a criação da categoria de artistas […]
6 de junho de 2019

Homicídios de LGBTs dobram em um ano na Bahia, diz Ipea

As denúncias de homicídios contra LGBTIs mais que dobraram na Bahia, de acordo com dados dos Atlas da Violência, lançado nesta quarta-feira (5) pelo Ipea e […]
4 de junho de 2019

Adolescente é suspeito de matar travesti idosa e queimar corpo na Chapada Diamantina

Por Gil Santos* Um adolescente de 15 anos está sendo procurado pela polícia suspeito de matar a pauladas a travesti Rosinha do Beco, 62 anos, no […]
23 de maio de 2019
Kaysha

Clube 13 promove bingo e shows de drags em Itapuã; saiba mais

Que tal passar bons momentos em Itapuã para além daqueles cantados em verso e prosa pela canção de Marília Medalha e Vinicius de Moraes?  O Club 13 […]