O Sesc Virtualidades, projeto do Sesc Bahia que leva expressões artísticas aos perfis da entidade nas redes sociais, traz uma série de bate-papos com personalidades baianas nas diversas modalidades culturais e apresenta espetáculos com produção de companhias e artistas baianos.

A estreia acontece nesta terça-feira, 7, em uma conversa pelo Instagram, às 19h, com a cineasta Fabíola Aquino sobre o documentário “Balizando 2 de Julho”, que acompanha a participação de membros da comunidade LGBTQIA+ no desfile da Independência da Bahia. Lançado em 2019, o curta recebeu o Prêmio Direitos Humanos – Portal ClicRec e Menção Honrosa pelo Júri ABD/APECI no VII Festival de Cinema da Diversidade Sexual e de Gênero (RECIFEST), na Mostra Competitiva de Curtas-Metragens, em Recife (PE).

Na quinta-feira, 9, o público vai poder assistir ao espetáculo teatral “Foi por esse amor – Uma comédia familiar”, que ficará disponível no canal do Sesc Bahia no YouTube até as 23h59 de sábado, 11 de julho. Estrelada pelo ator baiano João Guisande e seu pai, Antônio Roque, a peça mostra a relação entre pai e filho em diversas circunstâncias da vida. Guisande é um ator experiente, vencedor de prêmios como o Braskem de Teatro e o Festival de Blumenau. Seu pai, coronel da Polícia Militar da Bahia, descobriu o prazer de atuar após ter se aposentado.

O espetáculo aborda com afeto e humor a relação dessa dupla aparentemente inusitada, mostrando ao público o que lhes diferencia e aproxima: o amor de ambos pelo carnaval, as dúvidas e medos da infância, juventude e velhice, a rivalidade no futebol – Antônio (Bahia) e João (Vitória). Em seu teatro documentário, Guisande, que também é autor e diretor da peça, convida o público a relembrar, reviver e recuperar suas próprias histórias familiares.

O Virtualidades foi criado devido a pandemia do novo coronavírus, como forma de continuar levando a programação de cultura do Sesc Bahia em meio a um cenário em que se deve evitar a reunião de pessoas presencialmente, conforme explica a gerente de Cultura, Marli Niedermaier. “O Sesc Bahia possui inúmeros equipamentos culturais, entre teatros, bibliotecas, galerias e espaços expositivos que precisaram suspender suas atividades nesse cenário de pandemia e isolamento social.

O Virtualidades foi um dos caminhos encontrados para manter o vínculo com o público e também contribuir para a circulação de recursos na cadeia produtiva da arte, que foi tão afetada por esta crise”, diz Niedermaier.

6 de julho de 2020

Peça teatral e bate-papo sobre documentário LGBTQIA+ será exibido pela internet

O Sesc Virtualidades, projeto do Sesc Bahia que leva expressões artísticas aos perfis da entidade nas redes sociais, traz uma série de bate-papos com personalidades baianas […]
2 de julho de 2020

Latino se veste de drag queen para homenagear LGBTs, mas erra termo em postagem e gera polêmica; veja

O cantor Latino resolveu ‘lacrar’ nas redes sociais por conta da celebração do Dia do Orgulho LGBTQIA+, mas escorregou nos uso dos termos adequados e acabou […]
30 de junho de 2020

San Sebastian promove live solidária com seis horas de duração

#MÚSICAQUECONECTA é o projeto que o Grupo San Sebastian apresenta no próximo dia 4 de julho (sábado), a partir das 21h, no YouTube (youtube.com/sansebastianbrazil). O nome […]
25 de junho de 2020

Plataforma de seguros convida influenciadores LGBTQIA+ para ocupar suas redes sociais

A plataforma de venda de seguros on-line da Caixa Seguradora, Youse Brasil, convidou cinco influenciadores e uma colaboradora LGBTQIA+ para ocuparem o Instagram da marca durante a semana do orgulho.  O objetivo […]
22 de junho de 2020

Daniela Mercury fará live no dia do orgulho LGTBQIA+; saiba mais

Daniela Mercury se prepara para uma nova, diversa e divertida live em Casa. A artista vai fazer a LIVE DO ORGULHO, dia 28 de junho, às […]