O processo de escolha pelo tema do produto da nossa turma teve início desde que iniciamos o Correio de Futuro. Mas, na última sexta-feira (1), a ansiedade pela entrega de um projeto bem arquitetado e executável começou a atingir com mais intensidade o grupo.

A data foi marcada por apresentações dos oitos integrantes do programa, que expuseram suas propostas para um time seleto de editores. A responsabilidade em apresentar os planos a Juan Torres, Wladmir Pinheiro e Mariana Rios, editores de inovação, do online e da editoria Minha Bahia, respectivamente, Linda Bezerra, editora-chefe do CORREIO, e às tutoras do programa, Maria Ísis e Bárbara Souza, causou bastante nervosismo.

Ao final das exposições, no entanto, as críticas construtivas e sensíveis dos profissionais não só tranquilizaram os “futuros”, como possibilitaram novas ideias e pautas. As contribuições também nos incentivaram a pensar os desafios da reportagem. E, como vimos, não são poucos: variam desde à disponibilidade das fontes até à dificuldade de acesso a alguns lugares.

De uma sala de reuniões, saímos todos com a certeza de que o debate pode ser essencial para a elaboração de bons produtos. O que torcemos para nos ajudar no próximo desafio: pensarmos, juntos, em um produto. Ou vai, ou racha, ou arrebenta a tampa da caixa.