Março é mês de luta no De Transs Pra Frente. Pensando nas diversas formas como as violências de gênero afetam mulheres cis (não trans) e pessoas trans, o coletivo De Transs Pra Frente entende a importância de debater sobre como Feminicídio e Transmisoginia, tema desta edição, que acontece dia 22 de março, à  s 18h, no Teatro Gregório de Mattos, são interligados e pautas fundamentais.

O tema envolve questões-chave na discussão sobre as violências de gênero: o assassinato de mulheres cis e trans e o ódio à  s identidades trans e suas existências. Segundo dados divulgados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em 2016, o Brasil registra diariamente, pelo menos, 13 assassinatos de mulheres. Em 2014, o Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM) fez um balanço de 4.757 mortes por feminicídio, dado que coloca o país entre os mais altos índices mundiais de mortes nesta categoria.

A violência contra pessoas trans e travestis no país também traz números alarmantes. O Brasil é o líder mundial em assassinatos desta população, e a organização RedeTransBrasil estima que, somente até março de 2017, 30 delas foram assassinadas “ sendo sete da região nordeste. O ódio contra pessoas trans e travestis, em nível internacional, é considerado como genocídio e se fortalece pela transmisoginia, ou seja, a aversão ao que é tido como feminino nas identidades trans (mulheres trans e travestis, homens trans e pessoas não-binárias).

Nesta edição, o debate, mediado pela pesquisadora Viviane Vergueiro, contará com as ilustres presenças de Fran Demétrio, pesquisadora e professora doutora da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Karla Zhand, ativista da Associação de Travestis e Transexuais em ação (ATRação); e Vilma Reis, socióloga e ouvidora-geral da Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE-BA).

A noite será aberta pela performance Emoldurada, da artista  Jenny Müller, que busca trazer na sonoridade e musicalidade a violência sofrida por pessoas trans e travestis e a negação de direitos a esta população; o encerramento contará com a apresentação do grupo TRANSbatucada, movimento político-percussivo voltado para o público trans e travesti e facilitado pelo músico Antenor Cardoso.

O De Transs Pra Frente é um evento mensal, que acontece desde maio de 2016 no Teatro Gregório de Mattos e nasceu para suprir a necessidade de se falar das estratégias e urgências do movimento trans e travesti em primeira pessoa, onde pautas como a violência sistêmica, construções sociais de gênero, dificuldade de acesso à   saúde, educação, trabalho e moradia têm sido discutidas e evidenciadas na voz e produção de um coletivo composto majoritariamente por pessoas trans e travestis.

Serviço:
O quê? Debate sobre feminicídio e transmisoginia + apresentações artísticas.
Onde? Teatro Gregório de Mattos, na praça Castro Alves.
Quando? 22/03, à  s 18h.
Quanto? Pague Quanto Puder.

22 de março de 2017

Debate fala sobre Feminicídio e Transmisoginia em Salvador

Março é mês de luta no De Transs Pra Frente. Pensando nas diversas formas como as violências de gênero afetam mulheres cis (não trans) e pessoas […]
22 de março de 2017

Conselho de Enfermagem garante nome social a travestis e transexuais

Resolução do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) publicada hoje (22) no Diário Oficial da União assegura a possibilidade de uso do nome social a profissionais travestis […]
21 de março de 2017

Grupo San Sebastian anuncia evento durante o Fortal com grande artista da música da Bahia

O grupo San Sebastian, que fez sucesso no Carnaval de Salvador com a estreia do bloco Blow Out, vai invadir o Fortal – carnaval fora de […]
20 de março de 2017

Com vestido feito de 11 mil pedras, nutricionista vence concurso Miss Salvador Gay 2017

O nutricionista e estudante de Gastronomia Michael Cardoso, de 26 anos, venceu o concurso Miss Salvador Gay – edição 2017 que aconteceu na noite deste domingo […]
19 de março de 2017

Saiba o que rolou no show da Pabllo Vittar em Salvador

Duas garrafas de água, uma de energético, duas toalhinhas brancas e um pen drive. Assim chegou no palco da Amsterdam Salvador, na madrugada deste domingo (19) […]
Página anterior
123456789101112131415161718192021222324252627282930313233343536373839404142434445464748495051525354555657585960616263646566676869707172737475767778798081828384858687888990919293949596979899100101102103104105106107108109110111112113114115116117118119120121122123124125126127128129130131132133134135136137138139140141142143144145146147148149150151152153154155156157158159160161162163164165166167168169170171172173174175176177178179180181182183184185186187188189190191192193194195196197198199200201202203204205206207208209210211212213214215216217218219220221222223224225226227228229230231232233234235236237238239240241242243244245246247248249250251252253254255256257258259260261262263264265266267268269270271272273274275276277278279280281282283284285286287288289290291292293294295296297298299300301302303304305306307308309310311312313314315316317318319320321322323324325326327328329330331332333334335336337338339340341342343344345346347348349350351352353354355356357358359360361362363364365366367368369370371372373374375376377378379380381382383384385386387388389390391392393394395396397398399400401402403404405406407408409410411412413414415416417418419420421422423424425426427428429430431432433434435436437438439440441442443444445446447448449450451452453454455456457458459460461462463464465466467468469470471472473474475476477478479480481482483484485486487488489490491492493494495496497498499500501502503504505506507508509510511512513514515516517518519520521522523524525526527528529530531532533534535536537538539540541542543544545546547548549550551552553554555556557558559560561562563564565566567568569570571572573574575576577578579580581582583584585586587588589590591592593594595596597598599600601602603604
Próxima Página