No próximo sábado (16) será realizado o Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação, quando postos de saúde estarão abertos em todo o país. Segundo o Ministério da Saúde, cerca de 47 milhões de crianças e adolescentes menores de 15 anos estão convocados para comparecer aos postos e atualizar a caderneta de vacinação.

Com o slogan “Todo mundo unido fica mais protegido”, a campanha começou no dia 11 de setembro e segue até o dia 22 de setembro em cerca de 36 mil postos fixos de vacinação. Ao todo, 350 mil profissionais participam da ação. De acordo com o ministério, de janeiro a agosto deste ano, foram enviadas a todas as unidades da Federação 143,9 milhões de doses de vacinas de rotina. Para a campanha, foram enviadas 14,8 milhões de doses extras.

A meta é resgatar todas as crianças e adolescentes não vacinados e, com isso, iniciar ou completar os esquemas de imunização. Segundo o ministério, 53% não estão com a vacinação em dia.

Em 2016, o Brasil registrou a menor cobertura vacinal dos últimos 10 anos, segundo a coordenadora-geral do Programa Nacional de Imunizações, Carla Domingues. “Não podemos dizer que temos uma tendência, mas é preocupante e por isso queremos reverter essa situação. O objetivo da campanha é resgatar os não vacinados para que esse dado de 2016 não se repita em 2017”, disse.

Ela explica que a Região Norte é a que tem menor cobertura por causa do difícil acesso, mas que, em termos locais, há municípios em todas regiões com baixa cobertura.

Segundo o Ministério da Saúde, por exemplo, 760 mil crianças não receberam a vacina BCG, que protege contra formas graves de tuberculose. “A BCG tem cobertura vacinal de 98%, apenas 2% não foram vacinadas. Quando se fala de cobertura é bom, mas mesmo esses 2% é um volume importante de crianças”, explicou Carla.

O Ministério alerta que muitas doenças que foram erradicadas no Brasil ou mesmo controladas ainda não estão eliminadas e podem representar risco para não vacinados. “A população começa a achar que a vacina é desnecessária e não é verdade. Estamos vendo o surto de sarampo nos países desenvolvidos, por exemplo, e se não mantivermos elevada a cobertura vacinal, voltaremos a ter essas doenças circulando no mundo”, disse Carla, explicando que o fluxo de turismo e comércio no mundo globalizado facilita a circulação de doenças entre os países.

Segundo o Ministério da Saúde, em 2017, foram registradas mortes por sarampo em países como Alemanha, Portugal, Itália, França, Bulgária e Romênia. Na Venezuela também houve casos de sarampo e mortes por difteria.

Dia D na escola
O ministro da Saúde, Ricardo Barros, contou que o ministério ainda vai eleger um Dia D de vacinação nas escolas durante a campanha. A data ainda vai ser definida com o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). “Isso será um grande avanço para o nosso compromisso de ampliar a cobertura vacinal, quando pretendemos atualizar o maior número de cadernetas possível”, disse Barros.

Para o ministro, é preciso esclarecer as famílias de que a vacinação é a melhor maneira de prevenir doenças. “Existem movimentos contra a vacinação, mas ela é o melhor tipo de prevenção. Continuamos com a vacinação permanente, todo dia é dia de vacina, e fazemos as campanhas para alertar a população”, disse.

Segundo ele, a vacinação é um direito individual da criança e será ofertada pelo Estado, mas se a família não desejar que seu filho seja vacinado, deve se manifestar por escrito. “Por isso é importante a parceria com a escola. Na unidade de saúde, a família leva ou não a criança, e na escola, a vacina vai até a criança e a cobertura vai ser muito mais ampla”, explicou.

Mudanças
Em 2017, o Ministério da Saúde fez alterações no esquema vacinal e, por isso, orienta os pais a irem aos postos de saúde para checar a caderneta de vacinação. Houve alteração nas vacinas meningocócica C, pneumocócica 10 valente, Papiloma Vírus Humano (HPV), febre amarela e dTpa.

No caso da meningocócica C para crianças, o reforço, que era administrado aos 12 meses agora pode ser feito até os 4 anos. As primeiras duas doses continuam sendo realizadas aos 3 e 5 meses. Para os adolescentes, agora é oferecido um reforço que pode ser administrado de 12 a 13 anos de idade.

A pneumocócica 10 valente para crianças sofreu redução de três doses e passou a ser administrada em duas (2 e 4 meses), com um reforço preferencialmente aos 12 meses, mas que pode ser recebido até os 4 anos.

A febre amarela também mudou de duas para apenas uma dose para todas as faixas etárias.

Já a vacinação contra o HPV, para crianças e adolescentes, passou de três para duas doses, com intervalo de seis meses entre elas, para meninas saudáveis de 9 a 14 anos. O ministério ressalta que a proteção só acontece com o esquema completo após duas doses. Houve ainda a inclusão de meninos de 11 a 14 anos no calendário de vacinação contra o HPV.

Para as adolescentes gestantes também está disponível uma dose da vacina dTpa, a partir da vigésima semana de gestação.

As informações sobre a Campanha Nacional de Multivacinação 2017 estão disponíveis na página do Ministério da Saúde.

13 de setembro de 2017

Sábado é o Dia D da campanha de multivacinação de crianças e adolescentes

No próximo sábado (16) será realizado o Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação, quando postos de saúde estarão abertos em todo o país. Segundo o […]
13 de setembro de 2017

Ivete está grávida de duas meninas geradas através de inseminação artificial

A cantora Ivete Sangalo, 45 anos, está esperando duas meninas que foram geradas  por inseminação artificial. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (13) pelo jornal Extra, […]
13 de setembro de 2017

Protagonista trans de “Uma Mulher Fantástica” está de olho no Oscar

Daniela Vega pode não ter feito história em Berlim, em fevereiro, como a primeira mulher trans a vencer o prêmio de interpretação feminina num grande festival […]
12 de setembro de 2017

Após 14 anos, Xuxa volta a fazer show em Salvador; saiba mais

A turnê ‘XuChá – O Chá da Xuxa’ aportará em Salvador no dia 11 de outubro, véspera do dia das crianças. A eterna Rainha dos Baixinhos […]
12 de setembro de 2017

Confirmado: Ivete Sangalo está grávida de gêmeos

Está confirmado! A cantora Ivete Sangalo usou o seu Instagram – exatamente às 18h06 – nesta terça-feira (12) para anunciar que está grávida de gêmeos. Isso […]
Página anterior
123456789101112131415161718192021222324252627282930313233343536373839404142434445464748495051525354555657585960616263646566676869707172737475767778798081828384858687888990919293949596979899100101102103104105106107108109110111112113114115116117118119120121122123124125126127128129130131132133134135136137138139140141142143144145146147148149150151152153154155156157158159160161162163164165166167168169170171172173174175176177178179180181182183184185186187188189190191192193194195196197198199200201202203204205206207208209210211212213214215216217218219220221222223224225226227228229230231232233234235236237238239240241242243244245246247248249250251252253254255256257258259260261262263264265266267268269270271272273274275276277278279280281282283284285286287288289290291292293294295296297298299300301302303304305306307308309310311312313314315316317318319320321322323324325326327328329330331332333334335336337338339340341342343344345346347348349350351352353354355356357358359360361362363364365366367368369370371372373374375376377378379380381382383384385386387388389390391392393394395396397398399400401402403404405406407408409410411412413414415416417418419420421422423424425426427428429430431432433434435436437438439440441442443444445446447448449450451452453454455456457458459460461462463464465466467468469470471472473474475476477478479480481482483484485486487488489490491492493494495496497498499500501502503504505506507508509510511512513514515516517518519520521522523524525526527528529530531532533534535536537538539540541542543544545546547548549550551552553554555556557558559560561562563564565566567568569570571572573574575576577578579580581582583584585586587588589590591592593
Próxima Página