Thiago Almasy estreia primeiro filme como diretor

Thiago Almasy estreia primeiro filme como diretor

Via Láctea, uma ficção científica dirigida pelo ator baiano Thiago Almasy, pode ser conferido a partir das 19h da próxima quinta-feira (25), quando estreia no canal do artista no YouTube, plataforma onde permanece em exibição por sete dias. No curta, Aalienígenas chegam à Bahia com o objetivo de dominar o planeta quando, prestes a dar início à missão, têm seus planos impactados por um fenômeno global: a pandemia de covid-19.

Escrito por Almasy e pelo também ator Genário Neto, o filme foi rodado em cinco dias de fevereiro, no Alto do Cabrito, Subúrbio Ferroviário de Salvador, e se propõe a discutir questões sociorraciais. A dupla – famosa por interpretar, respectivamente, Júnior e Meire, na websérie Na Rédea Curta -, dá os primeiros passos à frente de uma produção cinematográfica cuja equipe é totalmente baiana e majoritariamente negra. Segundo os roteiristas, o curta-metragem – pensado, escrito e gravado durante a pandemia – chega para agregar ao audiovisual da Bahia.

 Almasy conta que a obra, que tem cerca de 27 minutos, marca sua estreia como diretor e a amizade de oito anos com Genário Neto, um dos protagonistas do curta. “É a nossa entrada definitiva no audiovisual. Em Salvador, a gente tem uma carência grande, que coloca nós, atores, à espera dos trabalhos chegarem. Agora estamos nos capacitando para contar nossas próprias histórias e perspectivas”, afirma, ao lembrar que tanto ele quanto Genário estrearam esse ano nas telonas. Thiago no longa Eu, Empresa (Leon Sampaio e Marcus Curvelo), lançado na Mostra de Cinema de Tiradentes, e Neto na produção Carnaval (Leandro Neri), da Netflix.

Foto: Gabriela Palha