Bailarino baiano que mora na Europa foi destaque no Got Talent Portugal

Bailarino baiano que mora na Europa foi destaque no Got Talent Portugal

O bailarino e coreógrafo baiano Jorge Ciprianno, 31 anos, que se define como negro, gay, cis genero, candomblecista e filho de Ògún, foi destaque na primeira fase de seleção do Got Talent Portugal 2021. O vídeo de sua apresentação repercutiu nas redes sociais na Europa e no Brasil, principalmente na Bahia, onde ele mantém fortes ligações, mesmo estando fora do país desde 2010.

Nascido no bairro de Engomadeira, Jorge está há quatro anos em Portugal, onde é co-fundador e Diretor Artístico da Agadá Cia de Dança Afro Contemporânea. Antes, morou na Alemanha e Inglaterra. “Pisar no palco do Coliseu dos Recreios, um dos teatros mais antigos de Lisboa, levando a arte e a cultura negra já é uma vitória, principalmente num período de tanta intolerância e perseguição das nossas crenças” comentou.

Oriundo da Escola da Fundação Balé Folclórico da Bahia e da Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado da Bahia(Funceb), onde começou, aos 17 anos, ele fez questão de lembrar que seus mestres até hoje são José Carlos Arandiba (Zebrinha), Nildinha Fonseca, Rosangela Silvestre, Vera Passos, Ana Karla Sampaio, Lúcia Helena Silva e Matias Santiago. Dia 30 de julho ele participa de live do Balé Folclórico da Bahia com o diretor do grupo, Vavá Botelho.