Versão revista e ampliada do filme Axé: Canto do Povo de um Lugar

Versão revista e ampliada do filme Axé: Canto do Povo de um Lugar

Era para ser em 2020, quando a cena Axé comemora 35 anos. Mas a terrível pandemia do covid-19 mudou os planos do diretor Chico Kertész em lançar a uma nova versão, revista e ampliada, do seu belo documentário: Axé: Canto do Povo de um Lugar. Em conversa com a coluna, Chico revelou que tem mais de quatro horas de material gravado e inédito, que não foi possível aproveitar na primeira versão. Ele também pretende corrigir alguns “buracos” que percebeu depois do trabalho pronto. Se tudo der certo, espera lançar antes dos 40 anos do surgimento da axé music, em 2025. Exibido nos cinemas e depois na Netiflix, Axé: Canto do Povo de um Lugar é um retrato dessa cena que surgiu dos movimentos de rua e dos blocos afros da Bahia para ganhar o Brasil e o mundo, a ponto de encantar nomes como Paul Simon, Michael Jackson e Spike Lee, entre outros.
Foto: Cassio Franco