Nova vocalista da Timbalada é vaiada em estreia no Museu du Ritmo

Nova vocalista da Timbalada é vaiada em estreia no Museu du Ritmo

TIMBALADA

Foi pedindo licença aos orixás que Denny, vocalista da Timbalada, deu início a mais uma temporada de ensaios da banda no Museu Du Ritmo, na noite deste domingo (04). Na largada para o verão, a grande expectativa do público era em torno da estreia da nova vocalista, a cantora alagoana Millane Hora.

Carlinhos Brown, criador da Timbalada, subiu ao palco para anunciar a chegada da ex The Voice. “Há 25 anos os orixás e Deus me deram o desígnio da Timbalada, para que ela viesse trazer a alegria de todos os ancestrais e que todas as mãos pudessem tocar esse instrumento (timbal)”.

Apesar da tentativa de inclusão e renovação no discurso, a loira Millane Hora foi recebida com certa rejeição. Millane iniciou sua apresentação cantando É D´Oxum e, ao final da primeira entrada no palco, após homenagear Santa Bárbara e Iansã, a nova vocalista foi vaiada por parte do público. Millane fez outras participações durante o show e, em todas, boa parte da platéia se mostrava contrariada.

No meio do público, uns reclamavam da falta de representatividade da loira por não ter “a cara” da Timbalada, outros protestavam pelo fato de ela ser branca e havia aqueles que a consideraram um cantora ruim. O fato é que Millane não se mostrou incomodada e, ao menos em um momento, o gelo foi quebrado. Convocada por Denny, Millane desceu do palco para dar a tradicional “volta no guetho”.

por Alexandre Lyrio