O concurso da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foi anulado. A decisão da diretora da agência foi divulgada na manhã desta sexta-feira (14). Durante a aplicação das provas, no último dia 2, foram registrados problemas em Salvador, Rio de Janeiro, Brasília, e Maceió. Os diretores avaliaram sete pontos do relatório da Comissão Organizadora da seleção.

Os mais de 125 mil candidatos em todo o país terão de realizar uma nova avaliação, ainda sem data marcada. Segundo a Anvisa, o novo concurso será elaborado pela mesma banca organizadora, a Cetro, que deverá ser multada pelo ocorrido. A agência solicitou a presença da Polícia Federal nos futuros locais de prova – ainda não se sabe se em todos os locais ou apenas nos em que houve irregularidades.

Em Salvador, diversos participantes relataram que houve troca da folha do gabarito e até mesmo vazamento da prova. O concurso oferece 157 vagas para especialista em regulação e vigilância sanitária, 29 para analista administrativo, 100 para técnico em regulação e vigilância sanitária e 28 para técnico administrativo. Os salários variam de R$ 4.760,18 a R$ 10.019,20.

Confira abaixo a íntegra da decisão:

1 – Determinar à empresa Cetro a reaplicação nacional das provas do Concurso Público para todos os cargos que compõe o certame, preservando-se os direitos de todos os candidatos já inscritos.

2 – Determinar que após a conclusão formal das apurações sejam aplicadas à Cetro as sanções contratuais previstas em função das falhas operacionais verificadas durante a realização do certame.

3 – Advertir a empresa Cetro sobre a possibilidade da aplicação das penas de suspensão ou declaração de inidoneidade no caso de repetição do descumprimento das cláusulas contratuais e problemas verificados na aplicação anterior.

4 – Determinar à empresa Cetro que desclassifique e exclua das novas provas todo e qualquer candidato que comprovadamente tenha adotado condutas que contrariem as previsões do Edital do Concurso.

5 – Determinar ao Cetro que garanta o direito de desistência de eventuais candidatos que não desejem realizar novamente as provas com as devidas restituições dos valores de inscrição pagos.

6 –Tendo em vista o interesse público envolvido  na realização do concurso, a  Anvisa solicitará à Policia Federal que acompanhe a aplicação das novas provas e que encaminhe eventuais conclusões sobre a apuração já solicitada sobre as ocorrências envolvendo as provas anteriores.

7 – Encaminhar à Cetro o relatório da Comissão, no sentido que a empresa tome conhecimento das conclusões contidas no relatório, e solicitar à comissão que reforce junto à Cetro os itens considerados críticos.

One Response to “Anvisa anula provas de concurso para 157 vagas”
  1. Ludoulfo says:

    A CETRO em Minas Gerais, desenvolveu um ótimo trabalho, não houve nenhum caso de reclamação, fico triste dos acontecimentos em outros estados.

  2.  
Leave a Reply



Warning: readfile(../ga.txt): failed to open stream: No such file or directory in /home/correiodb/correio24horas.com.br/blogs/a-toda-prova/wp-content/themes/mandigo/footer.php on line 356