Foi preso nesta segunda-feira (21) um homem que confessou ter matado uma travesti em Campinas (SP) – Caio Santos de Oliveira ainda guardou o coração da vítima. O órgão foi achado por policiais militares enrolado em um pano, debaixo do guarda-roupa.

Caio admitiu para a PM que fez sexo com a travesti, de 35 anos, cujo nome social não foi divulgado pela polícia. Depois de matar a vítima, ele ainda roubou eletrônicos e R$ 250.

Oliveira foi apresentado à imprensa e falou sobre o crime com falas desconexas e sorrisos. Ele disse que conheceu a vítima na véspera do crime, no Bar da Mãe – a travesti era dona do local. No mesmo local, um quarto em cima onde vivia a travesti, eles fizeram sexo.

“Ele era um demônio, eu arranquei o coração dele. É isso. Não era meu conhecido. Conheci ele à meia-noite”, disse.

A PM abordou o criminoso porque ele se comportou de maneira suspeita na rua quando viu a viatura. Ele se identificou com dados falsos para os policiais. No momento da abordagem, Oliveira tinha escoriações diversas e um ferimento na cabeça. Questionado sobre esses ferimentos, ele acabou confessando o crime e levou os policiais até o local em que estava o corpo.

O corpo tinha o tórax aberto e uma imagem de santo estava por cima. Ele foi questionado sobre o coração da vítima e disse somente que guardou o órgão para si.

22 de janeiro de 2019
csm_crimecampinas_82f5505d38

Homem mata travesti, arranca coração e coloca imagem de santa no lugar

Foi preso nesta segunda-feira (21) um homem que confessou ter matado uma travesti em Campinas (SP) – Caio Santos de Oliveira ainda guardou o coração da […]
14 de janeiro de 2019

Travesti é esfaqueada por cafetina na Pituba

Por Nilson Marinho* Uma travesti, que não teve o nome social divulgado, foi esfaqueada por uma cafetina, na madrugada deste domingo (13), no bairro da Pituba. […]
13 de janeiro de 2019
borel

‘Me perdoa’, diz Nego do Borel sobre transfobia contra Luisa Marilac

O cantor Nego do Borel usou o Instagram neste domingo (13) para pedir desculpas para transexual Luisa Marilac após ter feito comentário transfóbico contra ela. Após […]
12 de janeiro de 2019
borel

Nego do Borel chama transexual Luisa Marilac de ‘homem’ e gera revolta

TRANSFOBIA! Assim mesmo, grafado em caixa alta e em negrito para chamar atenção. É dessa forma que começo esse texto para noticiar mais um episódio transfóbico […]
10 de janeiro de 2019
MORTE

Justiça para Priscila, “Sapatão” guardadora de carros!

Por Marcelo Cerqueira, presidente do Grupo Gay da Bahia* É! Priscila o nome dela, mas era conhecida como “sapatona” guardadora de carros. Ela era gentil, educada, […]