ivete
Ivete Sangalo tocará na Micareta Salvador em outubro; Claudia Leitte será atração no mesmo dia
7 de agosto de 2019
reuniao
Após 18 anos, parada LGBTQIA+ de Salvador sairá do Campo Grande
7 de agosto de 2019

Bahia ganha primeira clínica particular voltada para  população LGBTQIA+

plural

A população LGBTQIA+ terá um novo espaço para cuidado da saúde a partir do dia 14 de agosto na Bahia. É a Clínica Plural – Assistência Integrada em Saúde e Gênero. O espaço, que já está funcionando,  é a primeira iniciativa privada voltada para o atendimento da população LGBTQI+ na Bahia.

A clínica está localizada no Edifício Fernando Filgueiras (sala 711), na Avenida Garibaldi, e oferece atendimento nas áreas de Endocrinologia, Cirurgia Plástica, Urologia, Psiquiatria, Psicologia, Nutrição e Fisioterapia.

O público LGBTQI+ apresenta necessidades específicas, que nem sempre são respeitadas, compreendidas e atendidas pelos serviços de saúde existentes atualmente em nosso país. Em relação ao atendimento das demandas da população trans, existem  centros de referência no exterior, mas no Brasil os serviços são ainda escassos, estando atualmente restritos a Hospitais Universitários e Centros de Referência através do SUS, ou a profissionais particulares avulsos.

Em Salvador, por exemplo, o Hospital das Clínicas não conseguiu ainda autorização do Ministério da Saúde. 

A iniciativa surgiu de uma ideia compartilhada por quatro médicos: a psiquiatra Larissa Freitas, a endocrinologista Renata Lago, o urologista Ubirajara Barroso e o cirurgião plástico José Amandio, que decidiram criar uma clínica em que o público LGBTQAI+ fosse atendido adequadamente em suas particularidades e, principalmente, ouvido por especialistas empáticos com suas demandas.

Integram a equipe o psicólogo Gilmaro Nogueira, o nutricionista Paulo Victor Pinheiro e a fisioterapeuta Maria Luiza Veiga, todos com conhecimento das demandas do universo LGBTQAI+.

População trans e Redesignação sexual

Na clínica também será possível ter orientação para o processo transexualizador. Através do manejo hormonal realizado pela endocrinologista é possível modificar algumas características fenotípicas do paciente, por exemplo.

A redesignação sexual é o procedimento cirúrgico que intervém na genitália do indivíduo a fim de modifica-la para aquela socialmente associada ao gênero que ele se reconhece. A Plural indicou que está entre os seus serviços oferecer esta cirurgia, que é realizada pelo urologista e direcionada às mulheres trans que desejarem a alteração genital. A redesignação sexual em homens trans ainda não está regulamentada no Brasil.

Durante o processo, o indivíduo é acompanhado pela equipe desde o pré-operatório até o pós. No processo serão realizados atendimentos psicológico e psiquiátrico, acompanhamento nutricional e da fisioterapeuta especializada em uroginecologia.

Além da cirurgia de redesignação sexual, a Plural também atende a outras demandas relacionadas à transição  a exemplos de procedimentos realizados pelo cirurgião plástico, como a retirada de glândulas mamárias, redução do pomo de adão, feminilização ou masculinização da face, dentre outras.

O horário de funcionamento da Clínica Plural é de segunda à quinta, das 8h às 18h, e sexta-feira, das 8h às 17h. Os telefones de contato são (71) 3334-6149 e (71) 99993-6149, sendo esse último também WhatsApp.

Jorge Gauthier
Jorge Gauthier
Jornalista, adora Beyoncé e não abre mão de uma boa fechação! mesalte@redebahahia.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *