Teatro Escola baiano fazendo bonito

Teatro Escola baiano fazendo bonito

 

O Teatro Escola idealizado pelo gestor cultural Nell Araújo,  – que celebra dois anos em agosto – foi convidado para um intercâmbio na Universidade Internacional das Periferias, projeto que faz parte do Instituto Maria e João Aleixo, no Complexo da Maré, Rio de Janeiro.  Nell vai apresentar, entre os dias 16 e 23 de julho, a metodologia do Teatro Escola para pesquisadores da área de educação, a partir de uma imersão e intercâmbio que promove a troca de conhecimentos entre projetos sociais pelo país. Durante a sua passagem pelo Rio de Janeiro, Nell Araújo vai conhecer ainda o Observatório das Favelas, dentro do Complexo da Maré, como parte do processo de intercâmbio cultural.
O Teatro Escola objetiva a capacitação e formação profissional de jovens estudantes das escolas públicas de Salvador, com estudos artísticos e culturais com destaque à cultura afro-brasileira e indígena, sendo a primeira iniciativa do tipo montada no Nordeste. Atualmente o projeto conta com mais de vinte professores voluntários que se dividem entre os cursos artísticos como: produção cultural, maquiagem, técnico de palco, teatro, fotografia, dança e LIBRAS. Agregando as atividades artísticas, o projeto oferece componentes culturais políticos e disciplinas modulares como: ciências políticas, história da África, cultura indígena, direitos humanos, relações étnicos raciais e comunicação cultural.
O modelo de ensino é focado na Pedagogia do Oprimido e da Pedagogia da Autonomia, sempre focado no desenvolvimento do sujeito, de forma autônoma e libertária na construção do seu fazer social e profissional.