Quem estuda para concursos públicos sabe que algumas técnicas são fundamentais para alcançar a aprovação. Elas ajudam a otimizar o tempo, que é escasso para a maioria dos concurseiros. A rotina de estudo tem seus altos e baixos. Esta é uma fase delicada, mas muito especial. É o momento de maturação de um projeto maior e desistir não é o melhor caminho. Um dos métodos mais utilizados por aqueles que já chegaram ao cargo público dos sonhos é algo aparentemente simples, mas pouco praticado pelos concurseiros: a resolução de questões. Para tratar deste assunto, o A Toda Prova convidou o advogado Henrique Brito*. Leia mais abaixo:

“A resolução de questões é elixir da aprovação em concurso público. Aliado a fatores como dedicação e foco, o método compõe a fórmula do sucesso. O ideal é que o concurseiro resolva questões de provas de concursos anteriores, mas sem necessariamente descartar aquelas que, porventura, se depare durante os estudos. A prática, sem dúvidas, é uma forma de chegar à perfeição.

Estudar resolvendo questões aprimora o conhecimento e favorece a fixação dos assuntos. Com a prática, também é possível analisar a formatação das questões e a linha de raciocínio utilizado pela respectiva banca na elaboração das provas, tanto no que diz respeito à parte de construção das questões em si, bem como na identificação dos principais assuntos e como são cobrados. Em matéria jurídica, por exemplo, é possível analisar se a banca costuma trabalhar em cima de casos práticos ou se majoritariamente cobra a letra fria da lei.

HNCK4011

O norteamento dos estudos é outra razão para se resolver questões de provas anteriores. O concurseiro precisa ter a noção de que nem tudo que está nos livros é efetivamente cobrado nas provas, caso contrário desperdiçará muito tempo. Percebendo o conteúdo que pode ser exigido pela banca, é possível direcionar os estudos, dedicando uma atenção especial a tais assuntos. Mas cuidado! Tudo que está no edital é suscetível de ser exigido e logicamente precisa ser estudado. A intenção não é descartar determinados assuntos, apenas atribuir uma maior atenção a algumas disciplinas.

É possível ainda diagnosticar quais são as matérias em que há necessidade de intensificar os estudos. Isto é, resolvendo provas anteriores, o concurseiro consegue medir seu índice de desempenho e, com isso, verificar quais assuntos ainda precisa se debruçar com mais afinco.

Provas de diversos concursos estão disponíveis na internet. Mas a prioridade deve ser dada aos sites das organizadoras que disponibilizam as provas já aplicadas (Cebraspe, Fundação Carlos Chagas, Cesgranrio, Fundação Getúlio Vargas…). Há sites que reúnem diversas questões de provas de concursos públicos, os quais, inclusive, possibilitam pesquisas específicas e aprimoradas (porém é preciso ter cuidado com algumas páginas quanto à idoneidade e à veracidade das informações que são disponibilizadas). Além disso, alguns cursos para concursos públicos costumam ofertar simulados gratuitos e específicos, o que é uma ótima forma de testar o conhecimento e o nível de preparação.

Claro que o estudo para concurso não pode se limitar à resolução de questões. Até porque a preparação para as provas é composta por aspectos que vão de uma alimentação saudável e boas noites de sono a dicas específicas sobre metodologia de estudo. A trilha para a aprovação é cansativa e com muitos contratempos, porém, lembre-se: problemas são oportunidades não reveladas“. 

* Henrique Brito é pós-graduando em Direito Tributário pela Faculdade Damásio e pós-graduado em Direito Processual Civil pela Faculdade Baiana de Direito. Bacharel em Direito pelo Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge). Sócio do escritório Parish & Zenandro Advocacia e Consultoria. Monitor da Faculdade Damásio – Unidade Feira de Santana. Autor de diversas obras publicadas em revistas jurídicas especializadas. Advogado, parecerista e palestrante. E-mail para contato: henrique@pz.adv.br.

Leia também:
Quer passar no concurso do INSS? Saiba como se preparar
Entenda como o sono ajuda na preparação para concursos
Conheça os principais métodos de estudo para concursos
Confira dicas de como se preparar para concursos públicos
Saiba como a alimentação ajuda na preparação para concursos

Leave a Reply



Warning: readfile(../ga.txt): failed to open stream: No such file or directory in /home/correiodb/correio24horas.com.br/blogs/a-toda-prova/wp-content/themes/mandigo/footer.php on line 356