As provas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) estão se aproximando. São oferecidas 950 vagas em cargos de níveis médio e superior, com salários que variam de R$ 4.886,87 a R$ 7.496,09. Toda atenção é pouca neste período de festas. Qualquer distração pode custar o tão sonhado cargo público. A convite do A Toda Prova, o procurador federal Diego Pereira*, que sabe muito bem como é estudar com edital já lançado, preparou um novo texto com dicas para ajudar aqueles e aquelas que estão focados no estudo para este concurso. Leia abaixo:

Estudo

’Mas é Carnaval! (…) amanhã volta tudo ao normal. Deixa a festa acabar. Deixa o barco correr’. Que bom seria transportar esses versos de Chico Buarque para o mundo real dos concurseiros. Quem está estudando para o concurso do INSS (com inscrições abertas até o dia 22) poderia jogar tudo para cima e curtir o Carnaval, afinal, na quarta-feira de cinzas tudo volta ao normal e o estudo seria retomado. Não.

Se você quer, de fato, mudar sua vida pessoal e profissional, por meio da posse em um cargo público, invista em seus estudos, mantenha o foco e tenha certeza que a aprovação é uma consequência. Este concurso para o INSS tem sido um dos mais esperados de todos os tempos, neste sentido, resolvi sanar as dúvidas mais comuns dos candidatos a uma das vagas deste certame.

Organizadora

Inicialmente, é interessante falar da organizadora do concurso. A Cebraspe (antigo Cespe/UnB) caracteriza-se pelo modo peculiar de elaboração de provas, tanto em relação ao que é perguntado quanto ao modo de correção da prova. Por exemplo, o direito se transforma a cada dia e a jurisprudência dos tribunais representam a evolução de que estamos falando.

O Cespe/UnB entende que o candidato deve acompanhar toda essa mudança jurisprudencial. Isso requer uma preparação especial por parte dos candidatos, que é a leitura dos boletins de jurisprudência, além dos entendimentos contidos em Enunciados e Súmulas. Esta dica vai especialmente para quem for fazer a seleção para o cargo de Nível Superior. Este tipo de conhecimento é obtido mais facilmente através de livros voltados para concurso e aulas preparatórias.

Jurisprudência e leis

Embora o Cespe/UnB tenha variado suas avaliações com a cobrança de jurisprudência e o texto de lei, ainda assim prevalece o uso da primeira sistemática. Assim, o candidato que vai realizar provas desta instituição (cargo de Analista) deve ficar atento ao que foi decidido no Supremo Tribunal Federal (STF), Superior Tribunal de Justiça (STJ) e Enunciados da Turma Nacional de Uniformização (TNU). Os Enunciados da TNU apenas no que se referem à matéria Direito Previdenciário. #FocoNaJurisprudência!

Mas é importante lembrar que diante de inúmeras questões alvo de recursos, o Cespe/UnB tem cobrado, cada vez mais, entendimentos mais consolidados e ao mesmo tempo conteúdo com previsão na lei. Desta forma, dê igual importância ao estudo da lei, ainda que a banca seja Cespe/UnB, com o diferencial que o estudo de jurisprudência deve se manter em seu planejamento. #FocoNasLeisPrevidenciárias!

Já para o cargo de Nível Técnico, a recomendação é manter o foco no estudo da famosa ‘lei seca’. Memorize os artigos de lei e vá com tudo para cima do Cespe.

Para a avaliação da disciplina Língua Portuguesa, atente-se para a interpretação de texto, que envolve mais de 70% da avaliação e, nas vésperas da prova, leia cuidadosamente o Manual de Redação da Presidência da República, cujo conteúdo será cobrado na parte gramatical da prova. #FocoNoManualDeRedaçãoDaPresidencia!

Pontuação

E não se deve esquecer a sistemática de avaliação realizada por esta banca: aqui o candidato é apenado pelo erro. Cuidado!!!! Como neste edital o desconto é paritário (1 erro elimina 1 acerto), evite marcar as questões que não sabe. Lembrando que a não marcação do item por parte do candidato não implica penalidade. Em uma prova de 120 itens como esta, o conselho é que se marque apenas o que se tem certeza, mas sem deixar mais de 20 itens sem marcação.

A mensagem final é esta: mantenha o #FocoNosEstudos e brinque seu Carnaval de forma comedida, tendo em vista que, quando se tem Edital aberto, o momento é de acelerar os estudos. Tudo valerá a pena e no próximo Carnaval, já empossado, você dirá: ‘Eu nado em dinheiro (….) Nasci pra sambar’”.

* Diego Pereira é mestrando em Direitos Humanos pela Universidade de Brasília (UnB). Pós-graduado em Direito Público pelo Instituto Unyahna/Salvador. Graduado em Direito pela Universidade Federal da Bahia (Ufba). Aprovado nos concursos de Procurador do Estado da Bahia e Advogado do BNDES. Ex Analista Jurídico do MPU (MPF). É Procurador Federal e autor do livro ‘Sinopse da Aprovação’ (Editora Viva Direito).

Leia também:
Entenda como o sono ajuda na preparação para concursos
Conheça os principais métodos de estudo para concursos
Confira dicas de como se preparar para concursos públicos
Saiba como a alimentação ajuda na preparação para concursos

6 Responses to “Quer passar no concurso do INSS? Saiba como se preparar”
  1. Gabriella Santana says:

    Ótimas dicas, parabéns Mestre! E super obrigada!

  2. isabela says:

    Valeu!
    ..adorei as dicas vou me dedicar mais.

  3. Tiago Rodrigues says:

    ótimas dicas. Mantenha o foco e uma vaga é minha…sempre

  4. Rubia says:

    Uma dúvida: não tem obrigação de responder todas as questões, neste concurso? Não compreendi a parte que diz sobre só marcar o que tem certeza.

    • Luana Marinho says:

      Oi, Rubia. É isso mesmo. No caso do Cespe/UnB, uma errada elimina uma correta. Por isso, você não precisa marcar todas as questões. É importante marcar apenas o que tem certeza, porque você garante os pontos destas questões.

  5. walmir says:

    Eu estou estudando para o INSS a muito tempo e espero fazer uma boa prova, pois sei das dificuldade que passei e de todos que estudam para concurso público. Apesar de meu tempo para estudar ser limitado, eu sempre procurei alternativas para ter o máximo de aproveitamento nos estudos. Eu sempre me preocupei de estudar não só o conteúdo programático do edital, como também, a metodologia cobrada pelas bancas. Muitas pessoas não sabem a importância desse conhecimento que é decisivo para a tão sonhada aprovação.

    Muito Obrigado

  6.  
Leave a Reply



Warning: readfile(../ga.txt): failed to open stream: No such file or directory in /home/correiodb/correio24horas.com.br/blogs/a-toda-prova/wp-content/themes/mandigo/footer.php on line 356