A Petrobras divulgou edital de processo seletivo público que oferece 158 vagas para advogado júnior, das quais 13 são imediatas e 145 para formação de cadastro de reserva. O salário básico oferecido é de R$ 5.249,89, com garantia de remuneração mínima de R$ 8.866,74. Do total, 15 vagas são para Salvador, 15 para o estado do Amazonas, 100 para o Rio de Janeiro e 15 para Brasília.

O candidato deve ter nível superior em Direito, reconhecido pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, além de registro definitivo na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A inscrição será realizada no período de 2 a 18 de junho, pelo site da Fundação Cesgranrio. A taxa custa R$ 62.

Com duração de cinco horas e trinta minutos, as provas serão aplicadas no dia 2 de agosto, nas cidades de Brasília, Manaus, Rio de Janeiro e Salvador. A prova objetiva será constituída de 70 questões objetivas, das quais 20 de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa e Língua Inglesa) e 50 de Conhecimentos Específicos. A prova discursiva será composta de duas questões, que consistem na elaboração de um texto a partir de um estudo de caso sobre situação hipotética e de um texto sobre tema das áreas de Conhecimentos Específicos do cargo.

VEJA O EDITAL

Os candidatos aprovados serão contratados com base na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). A empresa oferece aos funcionários benefícios como auxílio-creche ou auxílio-acompanhante (apenas para mulheres); auxílio-ensino (pré-escolar, ensinos fundamental e médio) para quem tem filhos; assistência multidisciplinar de saúde (médica, odontológica, psicológica e hospitalar) e benefício farmácia; plano de previdência complementar; Programa de Assistência Especial (destinado a pessoas com deficiência ou que tem filhos com deficiência); participação nos lucros e/ou resultados; incentivo ao ensino superior para filhos; e complementação do auxílio doença.

A divulgação e homologação dos resultados finais está prevista para 23 de setembro. O prazo de validade do processo seletivo é de seis meses, a contar da data de publicação do edital de homologação dos resultados finais, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período, a critério da Petrobras.

Leave a Reply



Warning: readfile(../ga.txt): failed to open stream: No such file or directory in /home/correiodb/correio24horas.com.br/blogs/a-toda-prova/wp-content/themes/mandigo/footer.php on line 356