A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou o edital de concurso público que oferece 100 vagas em cargos de nível médio e superior. As inscrições devem ser feitas no período entre os dias 11 de julho e 1° de agosto, no site do Cespe/UnB. A taxa é de R$ 50 para nível médio e R$ 100 para nível superior. Inicialmente, os aprovados irão trabalhar na sede da Anatel, em Brasília.

São oferecidas 32 vagas para o cargo de Técnico Administrativo, que exige certificado registrado de conclusão de curso de ensino médio ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente. A remuneração é R$ 5.418,25 para as seguintes especialidades de Administrativo e Comunicação, e R$ 5.674,25 para o posto de Técnico em Regulação de Serviços Públicos de Telecomunicações.

As outras 68 vagas são para o cargo de Analista Administrativo, que exige nível superior. Podem participar candidatos das seguintes áreas: Administração, Arquitetura de Soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação, Desenvolvimento de Sistemas de Informação, Direito, Engenharia Civil e Suporte e Infraestrutura de Tecnologia da Informação.

Também há vagas para as Especialidades de Mídia Digital, Contabilidade, Economia, Engenharia, Métodos Quantitativos e Direito para o posto de Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Telecomunicações. A remuneração varia entre R$ 10.543,90 e R$ 11.403,90, a depender do cargo e da especialidade escolhida. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais.

VEJA O EDITAL

A seleção ocorrerá por meio de provas objetivas de conhecimentos básicos e específicos. Os candidatos ao cargo de Analista também serão avaliados por meio de prova discursiva, avaliação de títulos e, caso sejam habilitados, Curso de Formação Profissional. As provas serão realizadas na data provável de 14 de setembro, em Brasília.

Das vagas oferecidas e das que vierem a ser criadas durante o prazo de validade do concurso, 20% são reservadas aos candidatos que se autodeclararem pretos ou pardos, na forma da Lei nº 12.990, de 9 de junho de 2014. O candidato deverá, no ato da inscrição, optar por concorrer às vagas reservadas aos negros, preenchendo a autodeclaração de que é preto ou pardo, conforme quesito cor ou raça utilizado pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os candidatos nomeados estarão subordinados ao Regime Jurídico Único dos Servidores Civis da União, das Autarquias e das Fundações Públicas Federais (Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990, e suas alterações), bem como às disposições da Lei 10.871, de 20 de maio de 2004. O prazo de validade do concurso é de um ano, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Leave a Reply



Warning: readfile(../ga.txt): failed to open stream: No such file or directory in /home/correiodb/correio24horas.com.br/blogs/a-toda-prova/wp-content/themes/mandigo/footer.php on line 356